julho 18

Departamento de marketing e agências, um casamento perfeito

Após décadas de batalhas internas em empresas onde quem empurrava as demandas estratégicas era somente a área comercial, o departamento de marketing vem ganhando cada vez mais espaço na estrutura organizacional. Isso se deve às constantes mudanças do mercado, e à cada vez maior exigência do consumidor, que não faz mais compras por impulso e nem é persuadido apenas por produtos expostos. Porém, ainda existem empresas que acreditam que o profissional de marketing deve ser o responsável pelo desenvolvimento de funções que fogem de sua natureza, como gerar material de divulgação, tratar fotos ou ser responsável pelas redes sociais da empresa, assim como apenas prestar suporte para a área comercial. Vemos uma grande distorção do entendimento das funções do departamento por parte de administradores desatualizados com o avanço do mercado.

O papel do marketing em uma empresa deve ser visto como um consolidado de competências que prestem suporte estratégico a todas as áreas, e, assim, andar ao lado do setor comercial e não abaixo dele.

 

Mas o que gostaríamos de conversar nesse artigo é sobre a importância de o departamento de marketing estar alinhado no momento de contratação de uma agência de propaganda. Em muitos casos, a agência negocia todo o escopo de trabalho direto com o proprietário, ou, em grande maioria, com o departamento financeiro ou de compras da empresa, e somente após fechar negócio, a agência é apresentada para o departamento de marketing ou ao responsável pela função.

 

É claro que o inevitável acaba acontecendo: o escopo acordado acaba não atendendo completamente às necessidades específicas da empresa, e isso pode acarretar um certo desconforto entre agência e empresa. Mas pergunto: de quem é a culpa? Da agência, que não soube entender as necessidades de seu cliente como um todo? Ou da empresa, que não se alinhou previamente com o setor de marketing para traçar um plano onde constem todas as metas e objetivos a serem alcançados, e com isso brifar com mais exatidão as necessidades básicas e metas da empresa para a agência? Bem, deixo a resposta no ar.

Existem inúmeras frentes onde uma agência (principalmente as agências full service) podem ajudar uma empresa a obter resultados em seus objetivos, porém vale lembrar que quem mais conhece seu negócio é seu dono. O papel da agência não é de elaborar um plano de marketing para sua empresa, e sim ativar as marcas de forma criativa e estratégica e eficiente. Mas, para isso, a agência precisa estar inserida nas estratégias do plano de marketing, e melhor ainda se estiver ciente do plano de negócios e projeção de investimentos para alinhamento de campanhas que atendam a cada etapa que a empresa irá passar.

 

Quanto mais a agência e o departamento de marketing estiverem alinhados, mas essa relação dará bons frutos para a empresa, e isso mudará a percepção errônea de que agências são custos e não investimentos. Mas isso é assunto para outro papo! (:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Vamos marcar um café?

O que deseja?